maio
28
Postado em 28-05-2009
Arquivado em (Multimídia) por vitor em 28-05-2009 23:28


Uma música romantica para terminar a noite desta quinta-feira e varar a madrugada da sexta-feira (29). Guilherme Arantes – o novo baiano – interpreta “Pedacinhos”, um dos maiores sucessos de uma carreira de sucesso permanente. Uma canção de separação, de fossa, segundo o autor “um dos melhores momentos para o artista compor”.  A música a seguir – e a letra que Bahia em Pauta também publica – é uma prova definitiva desta verdade. Confira.
(Vitor Hugo Soares)

Pedacinhos

(Guilherme Arantes)

Pra que ficar juntando os pedacinhos
Do amor que se acabou?
Nada vai colar
Nada vai trazer de volta
A beleza cristalina do começo
E os remendos pegam mal
Logo vão quebrar
Afinal a gente sofre de teimoso
Quando esquece do prazer
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long farewell
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long, farewell
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long, farewell
Adeus também foi feito pra se dizer
Pra que tornar as coisas tão sombrias
Na hora de partir?
Por que não se abrir?
Se o que vale é o sentimento e não palavras
Quase sempre traiçoeiras
E é bobeira se enganar
Melhor nem tentar
Afinal a gente sofre de teimoso
Quando esquece do prazer
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long farewell
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long, farewell
Adeus também foi feito pra se dizer
By by so long, farewell
Adeus também foi feito pra se dizer

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos