maio
24
Postado em 24-05-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 24-05-2009 18:52

Salaviza: “Palma de Ouro” para Portugal
cannes
===================================================
Ficou para o final a grande (e a melhor) surpresa de Cannes 2009 para o cinema que fala a lingua portuguesa.

O curta-metragem, “Arena”, do diretor português João Salaviza, acaba de de conquistar uma Palma de Ouro, algo que nunca havia acontecido antes para o cinema de Portugal, nesta categoria que o Brasil já havia conquistado uma vez, com o filme “Di Cavalcante”, do baiano Glauber Rocha, vencedor do Prêmio Especial de Juri, em 1977.

Uma produção da Filmes do Tejo, rodado no Bairro da Flamenga, na zona de Chelas (uma das mais violentas de Lisboa), o filme, de 17 minutos, centra-se na história de um rapaz dos subúrbios (papel de Carloto Cotta) que está em prisão domiciliar.

O diário de Lisboa “Expresso” entrevistou o realizador na edição de sábado da semana passada, dia 16, e a matéria foi publicada no caderno “Actual”. Na entrevista, João Salaviza, de apenas 25 anos, afirmou: “queria mostrar que a realidade, sobretudo naquele bairro, é sempre anterior à presença da câmera e trabalhar a ideia de que a liberdade é uma coisa efémera. Por isso, criei um protagonista que está em permanente confronto. O verdadeiro antagonista da personagem não é o bairro, nem os garotos que o assaltam: é o tempo.”

Há muitas celebrações em Cannes e em Lisboa pela conquista inédita. Mais Palmas para o novo cinema de Portugal.

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos