maio
22
Postado em 22-05-2009
Arquivado em (Artigos) por vitor em 22-05-2009 22:44

Lambert: morreu na praia

Kris: votação sob suspeita

=================================================

CRÔNICA AMERICANA/strong>

VOX POPULI AMERICANUS

Regina Soares|

Durante varias semanas acompanhei o programa da TV FOX americana, AMERICAN IDOL. Senti-me como uma “teenager”, seja pela proximidade da minha neta, Chloe (13), ou porque, apesar dos meus 60 eu ainda tenho um coração juvenil, que vibra na presença do original, glorioso, belo, excitante como a aparicão de Adam Lambert no cenário.

Quarta-feira, 20 de maio, o programa encerrou a competição de mais uma temporada com a “eleição” de mais um Idol. Se vocês não conhecem o esquema do programa, explico em poucas palavras: é direcionado a descobrir novos talentos na indústria musical. Centenas de milhares de candidatos de todos os Estados da Uniao Americana, concorrem ao título, que através de eliminação, chega aos últimos 13 em Hollywood. Ai começa a “batalha” semanal de eliminação por votos através de chamadas telefônicas do publico. É um programa sofisticado, complicado, dispendioso, e muito difícil de prever, já que o publico vota anonimamente e quantas vezes o seu coração mandar. Quase 100 milhões de chamadas foram recebida para esse final de ontem. O premio final e um contrato de mais de um milhao de dolares.

Vocês devem estar se perguntando: Que é que eu tenho com isso?
Pois bem, a razão pela qual que eu estou trazendo o assunto a esse blog no Brasil é para que vocês tenham uma idéia do poder do “voto popular” ou a “voz do povo” na idade eletrônica.

Tinhamos dois finalistas: Adam Lambert da California e Kris Allen de Arkansas. Ambos competindo ferozmente pelo título, só que Adam era o favorito disparado já por varias semanas. Os dois se diferenciavam como o sol e a lua, a noite e o dia.

Adam é Judeu, ainda que só tenha 28 anos, experimentado cantor de opera, teatro e night clubs, possuidor de uma voz, carisma e presença no palco como muitos poucos no mundo. Com uma consciencia muito clara sobre o que vale e o que quer. Seu forte é o Rock (sua figura física lembra Elvis, nos bons tempos) ainda que, de acordo com a opinião de um dos jurados “ele pode cantar qualquer coisa, até o livro de telefone”. Impressionou a gregos e troianos, conhecedores profissionais e leigos, mas de acordo com o “Mainstream American” tem um “defeito”: É gay. Embora ele nunca tenha dado bandeira, também não nega e o “YouTube” se encarregou de espalhar.

Kris é Cristão, tem trabalhado e é membro da Igreja “New Life” na sua pequena cidade Conway, em Arkansas e em Little Rock onde estuda. Tímido, cantor de baladas, musico com aptidão para tocar diversos instrumentos, foi crescendo aos poucos durante a competição, sem nunca oferecer perigo a Adam, sempre conseguia os votos para passar adiante. Com somente 26 anos, casado e membro de uma familia considerada “tradicional” do “Coração da América”.

O choque final foi disparado ontem quando após quase 100 milhões de votos, dos quais 38 milhões vindos de Arkansas, a maioria originados da pequena cidade de Conway, berço de Kris,com uma população de 50.000 (dados “escapados” nas noticias da FOX local) entregou a vitória a Kris Allen, jogando um balde de agua gelada no show que estava pegando fogo nos momentos finais, depois da apresentação dos dois candidatos acompanhados pelo grupo de Rock, QUEEN.

Incrédulos, procuramos entender como isso pode acontecer, já que o próprio Kris se mostrava assustado e incrédulo da “boa nova”, admitindo publicamente que Adam merecia ganhar.

O boato já corria antes da ultima competição, questionando nas ondas conservadoras do radio e televisão se a briga seria entre Gays x Christians. Fox News, “right wing station”, abriu a polêmica no programa de Bill O’Reilly e Middle America acordou e votou em massa no insignificante Kris.

Em uma Igreja de Arkansas, um grupo de 152 pessoas foi identificado por haver marcado acima de 400.000 votos usando fast software e text. PASSOU DE SHOW DE TALENTO MUSICAL A VOTO REGIONAL E COMPETIÇÃO DE TECNOLOGIA.

O QUE É QUE DEUS TEM A VER COM ISSO???????????

Talvez, pelo menos de vez em quanto, fosse bom ver o mérito e o talento ser recompensado apropriadamente, em vez de vitórias baseadas em outros fatores que realmente não tem relevância no século 21.

A vida continua, e eu acredito que Adam é sem duvida um vitorioso e devera acumular muitos trofeus na sua carreira musical que apenas se desenrola e que sem dúvida vai nos trazer muitos momentos de prazer, talvez tenha razão quem disse que ele era “too good for this show”.

A única coisa que me preocupa agora é minha neta e seus sonhos…

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, área da Baia de San Francisco (Calofórnia)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos