abr
27
Postado em 27-04-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 27-04-2009 23:18


Correa já festeja no Equador

Considerando-se vitorioso no primeiro turno, o presidente Rafael Correa já agradeceu aos equatorianos pela reeleição, mas a oposição ainda não reconheceu a vitória do adversário e acha que o resultado apurado ainda é reversível. Na capital Quito e em várias cidades equatorianas, porém, a festa da reeleição de Corrêa já tomou as ruas.

“Hasta la victoria siempre!” (Até a vitória, sempre) exclamou Rafael Correa, parafreaseando a célebre insignia do guerrilheiro Che Guevara, diante de centenas de eleitores com bandeiras verdes da Aliança Pais, em Quito. O Presidente do Equador acabara de anunciar a sua vitória nas eleições de domingo. Mas os 50,7% de votos que obtinha, com 70% dos boletins contados, não chegaram para convencer a oposição a aceitar a derrota.

“As minhas primeiras palavras vão para o povo equatoriano e são de agradecimento porque vencemos de forma esmagadora”, sublinhou Correa, segundo noticiou na noite desta segunda-feira o jornal português Diário de Notícias.

Rafael Correa foi eleito pela primeira vez em 2006 e é primeiro indígena a ocupar o cargo. Pouco depois de fechadas as urnas, três pesquisas davam vitória ao presidente por uma diferença de 50 a 54% dos votos.
Com 2,5 milhões de votos ainda por contar (em 10,5 milhões), a vantagem de Correa é reversível, mas improvável.

A vitória de Correa no primeiro turno seria histórica: desde o regresso da democracia ao Equador, em 1979, nenhum chefe do Estado o conseguiu. O nacionalista Lucio Gutierrez ainda não aceitou a derrota.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos