abr
23
Postado em 23-04-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 23-04-2009 12:26

Neste 23 de abril de 2009 o músico carioca, Pixinguinha , monstro sagrado do chorinho brasileiro, se vivo fosse, comemoraria 112 anos (pelo registro civil, incorreto, faria 111). O jornalista Sergio Cabral, o pai, produziu um artigo que infelizmente não dá para reproduzir na íntegra neste espaço do Bahia em Pauta. Na abertura do texto, porém, Cabral consegue uma síntese perfeita:

“Músicos, musicólogos e amantes de nossa música
podem discordar de uma coisa ou outra. Afinal, como diria
a vizinha gorda e patusca de Nélson Rodrigues, gosto não
se discute. Mas, se há um nome acima das preferências
individuais, este é Pixinguinha. O crítico e historiador Ari
Vasconcelos sintetizou de forma admirável a importância
desse fantástico instrumentista, compositor, orquestrador
e maestro:“Se você tem 15 volumes para falar de toda a
música popular brasileira, fique certo de que é pouco. Mas
se dispõe apenas do espaço de uma palavra, nem tudo
está perdido; escreva depressa: Pixinguinha.”
————————————————————-
Na Bahia, a data não passará em branco. Veja:

DIA DO CHORINHO NA BORRACHARIA
COM O GRUPO QUEBRA COPO
Dia 23 de abril é o dia nacional do chorinho e o GRUPO QUEBRA COPO, o grupo de Chorinho mais famoso de Salvador, fará uma homenagem ao nascimento do saudoso PIXINGUINHA. Uma das figuras exponenciais da música popular brasileira, em especial ao chorinho.

Na sequência, discotecagem com Luciano (MOSIAH) e o seu acervo de vinis de chorinhos antigos!

Quinta-feira – 23/04, na BORRACHARIA (Rio Vermelho), às 21h

Be Sociable, Share!

Comentários

[…] de que é pouco. Mas se dispõe apenas do espaço de uma palavra, nem tudo … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos