abr
21
Postado em 21-04-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 21-04-2009 10:50

JUAZEIRO (BA) – Complica-se cada vez mais a situação enfrentada por uma das mais tradicionais instituições de ensino da região do Vale do São Francisco, o colégio Dr. Edson Ribeiro, em Juazeiro. Diante das discussões acerca da possível comercialização de área supostamente pertencente ao Colégio, o prefeito Isaac Carvalho (PC do B), afirmou que tal venda não pode ser executada, visto que uma parte da área onde está o colégio, não é de propriedade da instituição particular, e sim do município.
A área de 3 mil/m² que corresponde ao município  e faz parte da conhecida Praça Barão do Rio Branco foi doada no ano de 1950, por meio de Lei nº 121/1950, votada pelos vereadores à época, a qual deixa claro em seu artigo primeiro “uma doação ao Ginásio Juazeirense de um terreno para construção de seu prédio próprio”.
A Prefeitura esclarece que a área cuja negociação com um grupo pivado está sendo anunciada, é pública. Pertence ao município e qualquer desvio de finalidade que acarrete prejuízo à população, implicará em requerimento judicial de devolução do imóvel.
A possível venda do Colégio desencadeou um antigo problema: a praça pública foi doada, em parte,ao Ginásio Juazeirense – hoje Colégio Dr. Edson Ribeiro, um colégio particular. Como para os espertos “o que é do povo não tem dono”, tempo foi passando e ninguém se deu conta disso. Mas, e agora?
A prefeitura parece não estar gostando nada dessa história. E promete dobrar a fiscalização em torno do caso.
Grazzi Brito, jornalista, mora em Juazeiro(BA)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos