abr
01
Postado em 01-04-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 01-04-2009 00:38

Alfonsin, o primeiro presidente da democracia argentina

Vitimado por um câncer de pulmão morreu às 20.30h desta terça-feira (31/03), o ex-presidente da Argentina, Raul Alfonsin, o primeiro presidente eleito democraticamente em seu país depois da ditadura militar. O líder da União Cívica Radical (UCR) passou os últimos dias de agonia causada pela doença, em seu apartamento na Avenida Santa Fé, em Buenos Aires.

Alfonsin, um dos mais respeitados políticos das últimas décadas na Argentina, tinha 82 anos. Chegou à Casa Rosada nas eleições de 1983. Ao ser anunciada a morte do ex-presidente, populares partidários da UCR cantaram a marcha radical – “lute, lute, lute, não deixe de lutar, por um governo obreiro, obreiro e popular” – acendeu velas e rezou pelo ex-presidente.

O jornal “El Clarin”, em sua edição on-line, disse que o corpo de Alfonsin, com as marcas profundas de sua trajetória de lutas políticas – algumas conquistas e muitos revezes – não suportou a carga de um câncer de pulmão que se havia agravado nas últimas horas com uma pneumonia. Raúl Alfonsín, o homem que encabeçou o retorno do país à democracia, morreu tranquilo em sua casa, acompanhado de seus familiares. “Estava dormindo”, informou o médico Alberto Sabler.

(Por Vitor Hugo Soares).

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos