mar
10
Postado em 10-03-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 10-03-2009 16:45

Junto com um convite para a caminhada da lua cheia , que ela comanda há anos em Itapuã e que nesta terça-feira se realiza mais uma vez, das 18.45 às 22h, a nutricionista-naturalista Glauvânia M. Jansen, envia para seus amigos (entre os quais se inclui honrosamente, há décadas, este editor do Bahia em Pauta) um texto para reflexão geral sobre os atos e desatinos recentes do arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso, o religioso que traz para o século XXI os atos medievais da excomunhão, aplicados agora contra familiares, médicos e auxiliares que autorizaram ou realizaram o aborto de uma menina de nove ano de idade, grávida de gêmeos e correndo risco de morte, depois de violentada durante anos pelo próprio padrasto.

Glauvânia, pernambucana das mais legítimas, com sotaque e tudo, vive há anos em Salvador e tem alma baiana de dar inveja a muita gente boa da terra. Vibra com igual paixão pelo frevo de Capiba e Nelson Ferreira, ou os poemas de Jomard Muniz de Brito, assim como pela música de Caetano Veloso e Gilberto Gil.Além do texto sobre o arcebispo, ela remeteu também um poema do cordelista nordestino Miguezin de Princesa, sobre o caso que chocou a opinião pública brasileira. Bahia em Pauta publica os dois a seguir:

(Por Vitor Hugo Soares)

————————————————————————————————
LILIPUTIANO CLÉRIGO

“Quem diria, o espírito do maior inquisidor da Igreja, Tomás de Torquemada que no século XV purificou pelo menos 30.000 almas arrancando a ferro e fogo o Demonio que as dominava, baixou no minusculo corpo do arcebispo de Olinda-Recife. O liliputiano clérigo ao excomungar os médicos e parentes da garota que aos NOVE anos foi estuprada e engravidada de gêmeos, teve por recomendação MÉDICA e LEGAL que interromper a gravidez pois seu pequeno corpo ainda incompleto, corria risco de morrer se a gestação fosse levada adiante. Curiosamente, o estuprador não incorreu na excomunhão, sendo poupado pelo nano-arcebispo… Teria sido um caso de corporativismo??? Seja como for, o poeta popular Miguezim de Princesa não poupou a ação tinhosa do pequeno-polegar da igreja pernambucana”…

———————————————————————————————–

A EXCOMUNHÃO DA VÍTIMA

Miguezim de Princesa

I
Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,
Ciência e sabedoria,
Inteligência e razão,
Peço que Deus que me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.

II
Pelas fogueiras que arderam
No tempo da Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano,
Abolido a excomunhão.

III
Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.

IV
Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.

V
O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.

VI
Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração.

VII
É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.

VIII
Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.

IX
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.

X
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.

Be Sociable, Share!

Comentários

Glauvania M. Jansen on 11 Março, 2009 at 7:56 #

Muito bom Vitor Hogo. Obrigada pela divulgação da CAMINHADA DA LUA CHEIA.
Ontem foi uma noite muito especial.
Abç. Glauvania


Wellington Sena on 25 julho, 2013 at 4:49 #

Oi Glauvânia, eu sou o Tom, é vc q organiza a caminhada da lua?
Gostaria de obter informação da próxima caminhada. Hoje é 25/07/2013.
Qndo ocorrerá?
De onde saira aqui em Salvador?
O horário?
Desde já lhe sou grato.
Um abração!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2009
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031