mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

Junto com um convite para a caminhada da lua cheia , que ela comanda há anos em Itapuã e que nesta terça-feira se realiza mais uma vez, das 18.45 às 22h, a nutricionista-naturalista Glauvânia M. Jansen, envia para seus amigos (entre os quais se inclui honrosamente, há décadas, este editor do Bahia em Pauta) um texto para reflexão geral sobre os atos e desatinos recentes do arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso, o religioso que traz para o século XXI os atos medievais da excomunhão, aplicados agora contra familiares, médicos e auxiliares que autorizaram ou realizaram o aborto de uma menina de nove ano de idade, grávida de gêmeos e correndo risco de morte, depois de violentada durante anos pelo próprio padrasto.

Glauvânia, pernambucana das mais legítimas, com sotaque e tudo, vive há anos em Salvador e tem alma baiana de dar inveja a muita gente boa da terra. Vibra com igual paixão pelo frevo de Capiba e Nelson Ferreira, ou os poemas de Jomard Muniz de Brito, assim como pela música de Caetano Veloso e Gilberto Gil.Além do texto sobre o arcebispo, ela remeteu também um poema do cordelista nordestino Miguezin de Princesa, sobre o caso que chocou a opinião pública brasileira. Bahia em Pauta publica os dois a seguir:

(Por Vitor Hugo Soares)

————————————————————————————————
LILIPUTIANO CLÉRIGO

“Quem diria, o espírito do maior inquisidor da Igreja, Tomás de Torquemada que no século XV purificou pelo menos 30.000 almas arrancando a ferro e fogo o Demonio que as dominava, baixou no minusculo corpo do arcebispo de Olinda-Recife. O liliputiano clérigo ao excomungar os médicos e parentes da garota que aos NOVE anos foi estuprada e engravidada de gêmeos, teve por recomendação MÉDICA e LEGAL que interromper a gravidez pois seu pequeno corpo ainda incompleto, corria risco de morrer se a gestação fosse levada adiante. Curiosamente, o estuprador não incorreu na excomunhão, sendo poupado pelo nano-arcebispo… Teria sido um caso de corporativismo??? Seja como for, o poeta popular Miguezim de Princesa não poupou a ação tinhosa do pequeno-polegar da igreja pernambucana”…

———————————————————————————————–

A EXCOMUNHÃO DA VÍTIMA

Miguezim de Princesa

I
Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,
Ciência e sabedoria,
Inteligência e razão,
Peço que Deus que me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.

II
Pelas fogueiras que arderam
No tempo da Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano,
Abolido a excomunhão.

III
Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.

IV
Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.

V
O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.

VI
Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração.

VII
É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.

VIII
Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.

IX
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.

X
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.

mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

A população de Juazeiro, cidade que fica às margens do rio São Francisco, vem sofrendo há dias com a falta de água. Em todas as casas, principalmente nos bairros mais distantes do centro, as reclamações são inúmeras.

Segundo a nova administração do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) há mais de 30 anos o sistema de abastecimento de água da cidade foi estruturado, nesse espaço de tempo a população triplicou e a oferta de água se manteve a mesma. São mais de vinte anos sem investimento numa questão vital como o abastecimento de água.

O prefeito Isaac Carvalho disse recentemente em discurso que “estamos em situação de pré-colapso no fornecimento de água. O nosso Governo está adotando um conjunto de medidas emergenciais para minimizar a situação”.

Na ultima sexta (06) para complicar ainda mais a situação, um gato paralisou por um dia o fornecimento de água em toda a cidade. Segundo Antônio Pedro, assessor de imprensa do SAAE, o felino entrou no transformador central da Estação Tratamento de Água do SAAE, ocasionando um curto circuito. Com a falta de energia, o fornecimento de água para toda a cidade foi interrompido.

Não faltava mais nada, quer dizer falta sim ÁGUA!!!!!

Por Grazzielli Brito, jornalista, direto de Juazeiro.

mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

Acontecerá em Juazeiro, extremo norte do estado, entre os dias 16 e 21 de março o 1° Festival Internacional da Sanfona, que nesta primeira edição homenageia o rei do baião Luiz Gonzaga e o mestre Sivuca. 

O festival contará com a participação de personalidades representativas nos cenário regional e nacional como Dominguinhos, a cantora Elba Ramalho, Renato Borghetti, Orquestra Sanfônica do Recife, Flávio Baião, Raimundinho do Arcodeon e outros artistas.

 Além dos espetáculos musicais que acontecerão na Orla Fluvial da cidade, cenário perfeito para o som da sanfona, o público terá a oportunidade de assistir às palestras e participar de oficinas práticas ministradas no Centro de Cultura João Gilberto. A programação do Festival prevê que todas as atividades aconteçam em Juazeiro, com exceção das exposições do Acervo do Museu Fonográfico Luiz Gonzaga e de uma coleção particular de diversos modelos de sanfona, que acontecerão no River Shopping, em Petrolina-PE. Toda a programação é gratuita.

Para o sanfoneiro Targino Gondim, curador e diretor artístico do evento, o grande objetivo do Festival é “primeiro transformar Juazeiro num grande celeiro da sanfona, para, posteriormente, quem sabe, torná-la uma referência do forró”.

Confira programação no site WWW.festivaldasanfona.com.br

Por Grazzielli Brito, direto de Juazeiro.

mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

Em matéria a quatro mãos produzida pelos repórteres Aloísio Milani e Cláudio Leal, para a revista virtual Terra Magazine, o deputado Nelson Palegrino (PT-BA) relator da CPI dos Grampos, informa que vai fundamentar em três pontos o pedido de prorrogação dos trabalhos da comissão. “A decisão da Justiça de compartilhar dados sigilosos com os deputados, a reportagem da revista “Veja” desta semana (com denúncias contra o delegado Protógenes Queiroz) e a declaração do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) de que estaria sendo espionado”, são os principais eixos que movem a idéia de prorrogar uma investigação parlamentar longa e confusa, prestes a ser mandada para os arquivos do Congresso sem dar em praticamente nada.
A revista Terra Magazine acrescenta que a continuidade da CPI depende ainda de uma reunião, nesta terça, com o presidente da Câmara, Michel Temer, que deveria ter sido realizada ontem e foi adiada. O requerimento que pede a prorrogação, por 30 dias, deve ir à votação em plenário.Pelegrino defende seu relatório inicial, apesar das críticas; usa em sua defesa a dificuldade de acesso aos dados sigilosos da Satiagraha. Ele e o presidente da CPI, Marcelo Itagiba, defendem a prorrogação do inquérito.
– Com essa reportagem (da Veja), mas principalmente com a decisão do juiz Ali Mazloum de repassar dados à CPI, aí sim nós poderemos elucidar algumas questões que ficaram em aberto e remeter para o Ministério Público prosseguir as investigações. Nós poderemos ter um diagnóstico mais preciso para responsabilizar quem tenha feito interceptações ilegais – avalia Pelegrino na matéria publicada na revista virtual de Bob Fernandes.
Leia a íntegra no site da revista Terra Magazine ( http://terramagazine.terra.com.br ).

(Por: Vitor Hugo Soares )

mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

Nada melhor para começar (ou encerrar) o dia que uma bela canção romântica. Para esta terça-feira Bahia em Pauta elegeu um dos mais bonitos e tocantes boleros de todos os tempos: “Mia” (Minha), que vai aqui em dueto inesquecível do autor, Armando Manzanero, e José José, um dos mais completos intérpretes de lingua espanhola. Para ouvir e sonhar, siempre. Que viva México! Que viva o bolero!
(Por Vitor Hugo Soares)

mar
10
Posted on 10-03-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 10-03-2009

Coronel Santana

Depois de uma operação policial com a utilização de vários carros com vidros escuros para despistar repórteres e fotógrafos foram soltos, na noite desta segunda-feira, as 12 pessoas presas quinta-feira passada e na “Operação Némesis”, acusadas de participação em um esquema de fraudes nas licitações dos aluguéis de 191 viaturas da Polícia Militar da Bahia. Três coronéis da PM estavam detidos no quartel do Corpo de Bombeiros, no Iguatemi, entre eles, o ex-comandante da PM, Antônio Santana.

Mais cedo, hoje (9), a juíza da 1ª Vara Criminal, Ivone Bessa decidiu não renovar o prazo de prisão preventiva dos oficiais e demais envolvidos no esquema fraudulento, por considerar que os acusados “são primários, têm endereços fixos e não oferecem riscos para a continuidade das investigações”.

A decisão mandou soltar além dos ex-comandantes da PM, Antonio Santana, e do Corpo de Bombeiros, coronel Sergio Alberto Silva Barbosa, o diretor de apoio logístico da PM, coronel Jorge Silva ramos, o procurador para assuntos militares, André Bahia, o tenente Antonio Durval Senna Junior, o lobista Gracilio Junqueira e os representantes da empresa Julio Simões, Jaime Palaia Sica e William Laviola. Foram soltos ainda Aidano Portugal, Aline Cerqueira de Castro, Jocélia Fernandes Oliveira e Sidnei Couto de Jesus, todos acusados de envolvimentos nas fraudes. .

  • Arquivos

  • Março 2009
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031