mar
04
Postado em 04-03-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 04-03-2009 13:32

Foto: Senador Jarbas Vasconcelos

 

O senador pernambucano, Jarbas Vasconcelos, que ontem (3) reafirmou “sem tirar uma vírgula”, todas as denúncias que havia feito na explosiva entrevista concedida à revista VEJA sobre a disseminação dos germes da corrupção no organismo de seu partido, o PMDB, não é o único preocupado com a doença, apesar do silêncio da maioria, como se viu no Senado na terça-feira(3).

 

Como informa o jornalista Cláudio Humberto em sua coluna (http://www.claudiohumberto.com.br) , o influente jornal espanhol “El País” repercutiu em sua edição de terça-feira  os dados divulgados na última semana pelo Supremo Tribunal Federal, informando que 378 políticos brasileiros, entre deputados, senadores e ministros, estão sob investigação. O jornal destaca que, entre os investigados, estão os 40 réus do caso do mensalão. Então, antes do silêncio cair sobre o caso, parlamentares foram acusados de receber dinheiro em troca de apoio político ao governo. A matéria do diário espanhol aponta o Brasil como um dos “lugares onde existe maior impunidade em relação á criminalidade”.

 

É como disse ontem o senador Jarbas Vasconcelos a um silencioso plenário do Senado (em especial a bancada do PMDB): “Algo tem que ser feito antes que esta degradação afete o nosso país. Tenho ojeriza e nojo da passividade e omissão.A conclusão disso tudo é óbvia: o caminho para resolver as pendências da nossa democracia é fazer uma reforma política séria”. Isto seria muito bom, sem dúvidas, senador. Mas é pouco, muito pouco.

 

Por: Vitor Hugo Soares

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Março 2009
    S T Q Q S S D
    « fev   abr »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031