fev
27
Postado em 27-02-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 27-02-2009 20:25

  Em sua robusta coluna diária em “O Globo”, o jornalista Ancelmo Góis cita dois exemplos para demonstrar como os cariocas são ágeis na gozação:

1- No bloco Exalta o Rei, que homenageou o cantor Roberto Carlos, na Urca, apareceu um cidadão fantasiado de Sergio Naya. De terno, algodão no nariz como os defuntos, e uma plaquinha onde se lia: “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”.

 (O ex-deputado e ex-empresário da construção civil, pivô do escândalo do desabamento do edifício Palace II, no Rio, foi encontrado morto no começo do carnaval no quarto de um hotel de Ilhéus, no sul da Bahia).
 

2- No bloco Toca Pra Subir, do bairro de Laranjeiras, apareceram duas moças fantasiadas de… Paula Oliveira, a pernambucana vítima de suposta agressão nazista na Suíça. As meninas do Rio exibiam barrigas e pernas riscadas com tinta vermelha e imagens de ultrassom no pescoço.
 

É preciso reconhecer: o baiano se esforça, mas não há melhor gaiato que o carioca.

 Por: Vitor Hugo Soares

Be Sociable, Share!

Comentários

Luis Hipolito @ The Blogger on 28 Fevereiro, 2009 at 4:12 #

Blog interessante e informativo. Postei link no The Blogger. Um abraço e sucesso!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2009
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    232425262728