fev
25
Postado em 25-02-2009
Arquivado em (Artigos) por bahiaempauta em 25-02-2009 21:24

Acaba de ser jogado por terra, mais uma vez, o mito de que existe uma invencível rivalidade entre o carnaval do Rio de Janeio e o de Salvador e que falar de Bahia em desfile de escola de samba do Rio dá azar. Pois bem, o Salgueiro acaba de ser consagrada como vencedora do carnaval carioca de 2009, depois de ter desfilado segunda-feira na Marquês de Sapucaí com um enredo que é a pura síntese cultural dos dois carnavais: “O Tambor, tão simples assim”. 

 A vencedora Salgueiro obteve 399 votos dos jurados, contra 398 da Beija-Flor – a preferida do presidente Lula, que foi pessoalmente ao Sambódromo torcer por sua escola e, em particular pelo puxador de samba e seu amigo, Neguinho da Beija-Flor, que está em tratamento de um câncer. Em terceiro lugar ficou a Portela, com 396,6 pontos.

No destaque de um dos carros alegóricos mais empolgantes e aplaudidos do desfile da segunda-feira, no sambódromo da Marquês de Sapucaí, estava o timbaleiro baiano Carlinhos Brown, uma das mais modernas expressões dos laços que unem os carnavais da Bahia e do Rio. Feliz com a escolha do enredo e com o convite que recebeu para ser um dos destaques do desfile,  Browm já havia antecipado em entrevista ao Correio da Bahia” esta semana, que o Salgueiro acertou em cheio ao voltar os olhos e ouvidos para a terra do Senhor do Bonfim.  

“O Salgueiro foi a primeira escola a cantar a baianidade e a abrir caminho para a Bahia mostrar a sua música. Antes disso, diziam que cantar a Bahia dava má sorte. O samba “Bahia de todos os deuses”, que deu título à escola, está fazendo 40 anos e o Salgueiro propõe, inteligentemente, essa homenagem ao tambor. Tia Ciata, que era baiana, deve estar amando! Quem me conhece sabe que sou carnavalesco, então esse é o melhor presente que eu poderia receber. E receber essa homenagem através de uma escola que temas cores do Diplomata de Amaralina e dos Apaxes do Tororó talvez tenha sido a homenagem mais linda que já recebi na vida até hoje. E se essa homenagem é protegida e ofertada pelos filhos de Xangô, recebo com muita alegria porque Xangô é justiça!’, vibra o percursionista do Candeal na entrevista ao Correio. Evoé!

 Por Vitor Hugo Soares

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2009
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    232425262728