fev
11
Posted on 11-02-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 11-02-2009

 

De acordo com o Jornal Folha de São Paulo, o novo presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP),  vai colocar em votação no plenário matérias polêmicas, como a regulamentação da profissão de lobista. Temer também quer votar o projeto que estabelece o fim do fator previdenciário e restringir os assuntos que podem ser objetos de medidas provisórias. Aliado do Planalto, ele garantiu que o Legislativo irá definir sua pauta de votações, com autonomia sobre o Executivo. “Vou estabelecer um calendário de votações polêmicas além daquilo que for acordado com os líderes”, afirmou.

 

Por Fernanda Dourado

fev
11
Posted on 11-02-2009
Filed Under (Artigos) by bahiaempauta on 11-02-2009

Acaba de ser postada no blog “Bahia Já”, do jornalista Tasso Franco, uma dessas informações que agitam igualmente tanto os terreiros da publicidade e propaganda, quanto os do jornalismo, da política e do governo. Segue o trecho principal da nota, em razão do interesse e repercussão que seguramente terá tanto em circuitos baianos quanto nacionais:

 

“A Secretaria da Casa Civil publica edital na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, da licitação para contratação de cinco agências de propaganda que atenderão aos órgãos da administração estadual. A concorrência do tipo técnica e preço será deflagrada no dia 31 de março, em sessão pública na sede da Governadoria (Centro Administrativo). As empresas interessadas já podem buscar uma cópia do edital na Assessoria Geral de Comunicação, no primeiro andar da Governadoria.

 

A última concorrência foi realizada em 2007, quando foram contratadas as quatro agências que atualmente atendem o governo. O edital publicado hoje prevê a divisão das secretarias, empresas públicas e universidades estaduais em cinco lotes, que serão atendidos, cada um, por uma agência. “A verba prevista para os doze meses dos novos contratos será de R$ 129 milhões.” (Leia mais no Bahia Já. www.bahiajá.com.br).

 

É isto aí, ao jogo, portanto. Segundo o bem informado blog baiano, a corrida à concorrência vai começar, e já tem agências locais promovendo agitadas reuniões prévias para definir estratégias, na tentativa de levar para os respectivos pratos, partes suculentas do bolo. “O mercado, no entanto, é cauteloso em relação à matéria, pois duvida muito que haja mudança no processo que se iniciou em 2007, com as agências já selecionadas”, comenta o blogueiro.

 

 Ainda assim, muitos parecem dispostos a apostar, para ver as cartas.

 

 Por Vitor Hugo Soares

fev
11
Posted on 11-02-2009
Filed Under (Artigos) by fernanda on 11-02-2009

Enquanto o brasileiro ganha um salário mínimo de R$ 465, os 63 deputados estaduais da Bahia receberão R$ 50 mil por 24 dias efetivamente trabalhados nos meses de janeiro e fevereiro. O total resulta dos R$ 37 mil recebidos em janeiro (R$ 12,5 mil de salários mais R$ 25 mil pela convocação extraordinária feita pelo deputado Marcelo Nilo, do PSDB) e o salário integral de fevereiro – R$ 12,5 mil.

 

Em janeiro, a Assembléia Legislativa baiana teve 17 dias de sessões e este mês, estima-se que o número de sessões não passe de sete, devido ao carnaval.

 

De qualquer forma, existe uma esperança que em ano sem eleições o legislativo esteja mais empenhado em suas funções inerentes ao cargo. Durante a convocação extra de janeiro foram votados 25 projetos metade do que foi aprovado durante todo o ano de 2008, quando os deputados pouco foram à assembléia envolvidos com campanhas em seus municípios de origem.

 

Por Fernanda Dourado

  • Arquivos

  • Fevereiro 2009
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    232425262728