Nunca houve fraude documentada. Jamais. Se o presidente da República tiver provas [sobre fraude] tem o dever cívico de entregá-la ao Tribunal. O resto é retórica política, são palavras que o vento leva”

Luis Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal e atual ministro presidente do Tribunal Superior Eleitoral-TSE.

Presidente disse lamentar as 500 mil mortes, mas afirmou ser um “exemplo vivo” de que a hidroxicloroquina funciona contra o vírus. Medicamento é fortemente desaconselhado pela OMS e não possui comprovação científica contra o novo coronavírus

IS
Ingrid Soares
postado em 21/06/2021 15:38 / atualizado em 21/06/2021 15:58
 

 

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Guaratinguetá (SP) nesta segunda-feira (21/6) para acompanhar a cerimônia de formatura da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). Dois dias após o país registrar a marca de 500 mil mortos por covid-10, o mandatário disse lamentar os óbitos e voltou a defender o tratamento precoce. Ao ser questionado sobre o uso de máscaras por uma repórter da Globo, mandou ela “calar a boca”.

O presidente ainda lembrou que participará de uma motociata no próximo dia 25 em Chapecó. Essa será a segunda visita dele à cidade este ano. Prefeito tem incentivado o inexistente “tratamento precoce” contra a covid-19 e teve trabalho elogiado pelo chefe do Executivo. Vídeo com as declarações de hoje foi postado por um canal simpático ao presidente.

“Lamento todos os mortos, lamento muito. Qualquer morte é uma dor para a família e nós, desde o começo, o governo federal teve coragem de falar em tratamento precoce. E alguns até dizem, como está sendo conduzida essa questão, parece que é melhor se consultar com jornalistas do que médicos. Tem município que eu vou estar agora, novamente em Chapecó, que está sendo conhecido como a “cidade do tratamento precoce”, apontou.

Bolsonaro disse ser um “exemplo vivo” de que a hidroxicloroquina funciona contra o vírus. No entanto, o medicamento é fortemente desaconselhado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e não possui comprovação científica para a doença.

“Temos um grande exemplo no mundo que é o Congresso americano: está apurando a origem do vírus e bem como do por que desse trabalho mundial contra o tratamento precoce. É a primeira vez na história que a gente está vendo que se busca atender as pessoas depois de elas estarem hospitalizadas. Sempre se falou em tratamento precoce para mulher, homem e assim os médicos sempre falam dessa maneira. Não sei por que aqui você não pode falar em tratamento precoce no Brasil, eu sou a prova viva. Vocês, jornalistas, têm conhecimento de muita gente que tomou hidroxicloroquina, ivermectina para buscar minimizar os efeitos da covid”, acrescentou.

TCU

O presidente ainda voltou a confirmar erroneamente a existência de um documento do Tribunal de Contas da União (TCU) que revelaria que 50% das mortes registradas por covid-19 no Brasil foram por outras causas que não o vírus. Porém, o órgão já desmentiu a informação e negou a existência desse tipo de levantamento. O presidente se baseou, na verdade, em um ‘estudo paralelo’ de caráter pessoal do auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, já afastado do Tribunal.

“Existe, sim, um documento oficial do TCU que fala em supernotificação de casos tendo em vista a forma como os estados conseguiriam recursos, levando em conta o número de pessoas contaminadas ou vitimadas pela covid. Talvez eu seja um dos únicos chefes do mundo que tiveram coragem de falar em tratamento precoce. Mais do que isso, o que eu defendo é a liberdade do médico poder tratar do seu paciente e, assim, entendo o CFM que, no meu entender, é o órgão adequado para tratar desse assunto”, alegou.

O mandatário também criticou cobertura da CNN Brasil durante as manifestações contra o governo no final de semana. “CNN? Vocês elogiaram a passeata agora de domingo (19), né? Jogaram fogos de artifício em vocês e vocês elogiaram ainda”, reclamou.

“Cala a boca”

Ao ser questionado por uma repórter da Globo sobre o uso de máscaras em São Paulo, lembrando que ele havia sido multado pelo governador de São Paulo, João Doria, em outra ocasião pela falta do uso do equipamento, o presidente se alterou, retirou a máscara que utilizava e a mandou “calar a boca”.

“Estou sem máscara em Guaratinguetá, você tá feliz agora? Essa Globo é uma merda de imprensa. Vocês são uma porcaria de imprensa. Cala a boca. Vocês são uns canalhas. Vocês fazem um jornalismo canalha, que não ajuda em nada. Vocês não ajudam em nada, vocês destroem a família brasileira, destroem a religião brasileira, vocês não prestam. A Rede Globo não presta. Um péssimo órgão de informação. Você tinha que ter vergonha na cara de se prestar a um serviço porco que é esse que você faz”, bradou.

Sobre a motociata em São Paulo, ele disse estar usando capacete balístico e se disse vítima de ataques.
“Eu estava com capacete balístico à prova de [calibre] 762. Eu sou um alvo de canalhas do Brasil. ‘O senhor chegou sem máscara…’ Eu chego como eu quiser, onde eu quiser, eu cuido da minha vida. Se você não quiser usar máscara, você não usa. Agora, tudo o que eu falei para vocês infelizmente deu certo: tratamento precoce salvou a minha vida. Muitos jornalistas falam reservadamente que usaram hidroxicloroquina, usaram ivermectina, por que vocês não admitem isso? Por que você acha que eu tenho que me consultar com (William) Bonner ou Miriam Leitão? Parem de tocar no assunto”, concluiu.

“Vento de Saudade”, Elizeth Cardoso: a magnífica voz da divina Elizeth em lindo samba de antigamente e de sempre na chegada do inverno no Hemisfério Sul.Viva!

BOM DIA!!! FELIZ NOVA ESTAÇÃO!!!

(Vitor Hugo Soares)

jun
22

Postado em 22-06-2021 00:07

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 22-06-2021 00:07

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

Período menos chuvoso tende a favorecer incidência de queimadas e de incêndios em algumas regiões, bem como o aumento de doenças respiratórias, devido à baixa umidade.

Elza Fiúza/Agência Brasil
Credit…Elza Fiúza/Agência Brasil

Por Jornal do Brasil

O inverno no Hemisfério Sul começou às 0h32 (horário de Brasília) de hoje (21), quando ocorreu o solstício de inverno. Caracterizada pelas baixas temperaturas e redução das chuvas em parte do país, a estação se estenderá até o dia 22 de setembro.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o período menos chuvoso nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e em parte das regiões Norte e Nordeste tende a favorecer a incidência de queimadas e de incêndios florestais, bem como um aumento do número doenças respiratórias, já que a umidade relativa do ar diminui bastante.

Além disso, os baixos índices pluviométricos típicos do período podem agravar a já preocupante situação dos reservatórios hídricos de parte do país. De acordo com o Inmet, a precipitação nos estados que compõem a bacia do Rio Paraná (Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e São Paulo), por exemplo, já vem registrando chuvas abaixo da média desde o ano passado, e essa situação deve se prolongar pelos próximos meses.

“Neste ano, a situação de escassez de chuvas na bacia do Rio Paraná foi mais extrema em relação aos anos de 2018 e 2019, principalmente nos dois últimos meses (abril e maio)”, informa o Inmet, em nota.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, a situação hidrológica registrada em 2021 é a pior dos últimos 91 anos. O baixo volume de chuvas afeta a geração de energia elétrica porque 65% da produção nacional provêm de hidrelétricas, que dependem do recurso em abundância.

Por outro lado, a típica circulação de massas de ar frio vindas do sul do continente tendem a derrubar as temperaturas, o que pode causar a formação de geadas nas regiões Sul, Sudeste e no estado de Mato Grosso do Sul, e até mesmo queda de neve em áreas serranas e planaltos da Região Sul.

Também em nota, a Climatempo Meteorologia alerta que a baixa umidade e o solo cada vez mais seco facilitarão a propagação do fogo, sobretudo no Tocantins, em Rondônia, no Acre, bem como na região sul do Amazonas e em partes do Pará e das regiões Sudeste e Nordeste.

Veja abaixo o prognóstico do Inmet para os próximos três meses em cada uma das regiões brasileiras.

Região Norte – A previsão climática indica maior probabilidade de que as chuvas ocorram ligeiramente acima da média climatológica sobre o norte da região, principalmente os estados de Roraima e Amapá. Nas demais áreas, existe uma tendência de as chuvas ficarem próximas e abaixo da média, principalmente no sul da região amazônica, onde normalmente chove abaixo de 300 mm no período de julho a setembro. A temperatura média do ar nos próximos meses deve permanecer acima da média.

As condições de falta de chuvas, alta temperatura e baixa umidade relativa do ar favorecem a incidência de queimadas e incêndios florestais, muito comuns na metade do inverno e início da primavera. Por outro lado, isso não descarta a ocorrência de eventuais episódios de friagens no sul dessa região, devido à passagem de massas de ar frio mais continentais.

 

Região Nordeste – A previsão indica o predomínio de áreas com maior probabilidade de chuvas próximas à climatologia durante esta estação, principalmente no interior da região. Em algumas áreas, como o norte do Maranhão e do Ceará, leste do Rio Grande do Norte e da Paraíba, as chuvas ainda poderão superar ligeiramente a média durante o mês de julho. Predomínio de temperaturas próximas e acima da média em grande parte da região, exceto no centro-leste da Bahia, onde as temperaturas podem ser ligeiramente abaixo da média durante o mês de setembro.

Região Centro-Oeste – No Centro-Oeste, o período seco já teve início, e a tendência é que a umidade relativa do ar diminua ainda mais nos próximos meses, com valores diários que podem ficar abaixo de 30% e picos mínimos abaixo de 20%. Dessa forma, a previsão para o inverno indica alta probabilidade de as chuvas ocorrerem dentro e abaixo da faixa climatológica em grande parte da região, exceto no centro-sul de Mato Grosso do Sul, onde as chuvas deverão ser ligeiramente acima da média durante o mês de setembro. As temperaturas deverão permanecer acima da média, devido à permanência de massas de ar seco e quente, principalmente nos meses de agosto e setembro, favorecendo a ocorrência de queimadas e incêndios florestais. Em algumas localidades do leste de Mato Grosso do Sul e sul de Mato Grosso, as temperaturas poderão ser ligeiramente abaixo de seus valores climatológicos, devido à passagem de algumas massas de ar frio mais continentais.

Região Sudeste – O trimestre de junho a agosto corresponde ao período mais seco da região, especialmente no norte de Minas Gerais. Desse modo, a previsão do Inmet para o inverno no Sudeste indica que as chuvas devem permanecer próximas ou ligeiramente abaixo da média, porém não se descarta a ocorrência de chuvas próximas ao litoral da Região Sudeste no mês de julho, devido a passagem de frentes frias. No caso das temperaturas, elas devem permanecer acima da média em grande parte da região, com exceção do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, onde as temperaturas podem ser próximas ou ligeiramente abaixo de seus valores climatológicos.

Região Sul – O prognóstico para os meses de inverno indica predomínio de chuvas próximas e abaixo da média em grande parte da Região Sul. Em algumas áreas localizadas sobre o sul e leste do Rio Grande do Sul e sudeste de Santa Catarina, a tendência é de que ocorram chuvas abaixo da média, principalmente no mês de setembro. A maior frequência das frentes frias contribuirá para maiores variações nas temperaturas ao longo do trimestre, com a previsão de temperaturas médias próximas e acima da climatologia em grande parte da Região Sul. As temperaturas médias mais elevadas estão previstas para o mês de setembro, principalmente no Paraná. Temperaturas abaixo da média são previstas para o leste de Santa Catarina e do Paraná, além do nordeste do Rio Grande do Sul, pois a incursão de massas de ar de origem polar pode provocar declínio nas temperaturas, possibilitando a ocorrência de geadas especialmente em áreas de maior altitude.(com Agência Brasil)

jun
22

Postado em 22-06-2021 00:05

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 22-06-2021 00:05



 

 Amarildo,   NA

 

jun
22

Famosos

Zeca Pagodinho revela que trocou cerveja por vinho devido à pandemia

O artista também contou que gosta do tempo frio: ‘Sou um carioca que não gosta de praia e nem de sol, eu passo mal’

RB
Rodrigo Bitencourt de Lyra – Especial para o Uai
postado em 21/06/2021 16:59
 

 (crédito: Reprodução/Instagram)

(crédito: Reprodução/Instagram)

Nesta segunda-feira (21/06), foi ao ar uma entrevista do Globo com o cantor Zeca Pagodinho, que revelou gostar do frio e que neste momento de pandemia trocou a cerveja pelo vinho. 

“Aproveito o inverno para beber um vinho bom, não dá para beber cerveja, até porque a gelada pede um parceiro e com a pandemia não podemos encontrar”, contou o artista.

Pagodinho também revelou gostar do inverno, apesar de ser carioca, por poder escolher uma roupa bacana e acender a lareira, aproveitando o tempo frio.

“Eu adoro inverno! Sou um carioca que não gosta de praia e nem de sol, eu passo mal. Acho bem melhor quando está frio. Curto olhar no armário e escolher uma roupa bacana para usar, acender uma lareira ou uma fogueira, se eu estiver em Xerém, aonde tenho passado mais tempo ultimamente”, finalizou o cantor.

Vale lembrar que recentemente, ele compartilhou através das redes sociais uma foto de seu look, normalmente utilizado em casa. “No inverno, as pessoas ficam mais elegantes, não é mesmo?”, escreveu na legenda.

""

jun
21

Postado em 21-06-2021 00:08

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 21-06-2021 00:08

FHC faz 90 anos e assiste a vídeo com exaltação a perfil democrático e homenagens de Doria, Temer e Huck

AOS LEITORES, OUVINTES E NAVEGANTES:

O site blog Bahia em Pauta traz nesta segunda-feira, 21 de junho, para o seu espaço principal de informação e opinião, o precioso texto crítico publicado originalmente na área de comentários do BP, a propósito da notícia do Correio Braziliense, sobre os 9o anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, comemorados na semana passada. Leitor a amigo do peitos da primeira hora dos que pensam e fazem este site blog, Volney é também um virtuose no talento e capacidade de escrever e dizer criticamente o que pensa com  a força da boa escrita. O texto que segue é prova cabal disso. Confira. (Vitor Hugo Soares, editor do BP). 
===========================================================
Pindorama é realmente Singular
Carlos Volney

Eu não aguento deixar passar em branco uma notícia como essa do Correio Brasiliense.
Pindorama é realmente singular.
Homenageia, enaltece, exalta uma figura como FHC sem fazer a mais leve referência a seu comportamento inegavelmente farsante.
Posa como mentor do Plano Real, quando seu verdadeiro criador foi Itamar Franco que inclusive resistiu a pressões – as quais eram até apoiadas por ele – para não efetivar a implantação da mudança.

Itamar colocou-o como Ministro da Fazenda para neutralizá-lo – ele entende de economia o que eu entendo de Física Quântica -, isolá-lo em uma função sobre a qual nada entendia.
Como Presidente da República comandou a mais deslavada corrupção de que se tem notícia, ao comprar literalmente o Congresso para instituir a reeleição.
Aliou-se aos maiores e mais notórios corruptos do país, começando por Maluf.
A privatização do sistema de telefonia foi efetuada com a prática de corrupção escancarada.

Enfim, falta memória para listar aqui todas as imoralidades praticadas em seus governos.

E aí, vemos a postagem de uma matéria que não faz sequer referência às vergonhosas atitudes, ações por ele praticadas, pelo contrário, é uma exaltação quase de endeusamento.
Há jeito para nós?????

Carlos Volney.

Rise”, Herb Alpert: para acompanhar a esperança em ver a Porcaria no Inferno!

BOM DIA!!!

(Gilson Nogueira)

 

jun
21

Postado em 21-06-2021 00:05

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 21-06-2021 00:05

 

DO CORREIO BRAZILIENSE

A médica pró-cloroquina entrou com ação por danos morais contra Aziz e o senador Otto Alencar
Omar Aziz diz que Nise Yamaguchi mentiu na CPI
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

 

O senador Omar Aziz, presidente da CPI da Covid, disse neste domingo que a médica Nise Yamaguchi mentiu durante depoimento na comissão.

Ela nos disse que foi a Brasília três vezes e a CPI detectou que ela foi 13 vezes, das quais oito ela pagou com dinheiro vivo. Ela tem muito mais a explicar do que eu. Eu estou tranquilo”, afirmou o parlamentar em entrevista à CNN Brasil. 

Como publicamos, a médica pró-cloroquina entrou com ação por danos morais contra Aziz e o senador Otto Alencar. Ela alega ter sido vítima de “misoginia” e “humilhação” na CPI.

Acho bom ela não se preocupar comigo e com o senador Otto. E sim com os pacientes que ela atendeu e que morreram. Vamos requisitar dos hospitais que ela trabalha as prescrições que ela fez”, completou Aziz.

Na semana passada, Nise Yamaguchi entrou para a lista dos investigados pela CPI.

jun
21

Postado em 21-06-2021 00:04

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 21-06-2021 00:04


Charge atualizada direto no site pelo próprio autor, ontem às 08:36 h

 

Sid, no portal

 

jun
21

Postado em 21-06-2021 00:02

Arquivado em ( Artigos) por vitor em 21-06-2021 00:02

 
AE
Agência Estado
 

 (crédito: Reprodução/TV Globo)

(crédito: Reprodução/TV Globo)
Usando sua conta no Instagram, o apresentador Tiago Leifert escreveu sobre assumir, a partir deste domingo, 20, o lugar que era do “amigo e incentivador” Fausto Silva. Com a saída de Faustão, que foi contratado pela Band, Leifert assume o posto interinamente do programa, que agora é intitulado Super Dança dos Famosos.
Após o post ser publicado, vários amigos e colegas comentaram esse novo desafio de Leifert, como foi o caso do também apresentador Luciano Huck, que deverá assumir o horário que era de Faustão, a partir do ano que vem. Huck desejou sorte ao colega.
 

  • Arquivos

  • junho 2021
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930